Como fazer o irs

O que é o IRS?

O IRS (Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares) é um imposto direto que incide sobre o rendimento das pessoas singulares em Portugal. É um imposto anual que tem como objetivo principal financiar as despesas do Estado e dos seus serviços, bem como promover a justiça fiscal e a redistribuição de rendimentos.

O IRS é aplicado a todos os rendimentos das pessoas singulares, incluindo salários, pensões, rendimentos de capitais, rendimentos prediais, entre outros. Os contribuintes são obrigados a entregar uma declaração de IRS anualmente, na qual declaram os seus rendimentos e despesas, de forma a determinar a sua base tributável e o valor de imposto a pagar ou a receber.

O valor do imposto a pagar é determinado através da aplicação de uma taxa de imposto sobre a base tributável do contribuinte, que varia de acordo com o escalão de rendimentos em que se enquadra.

Os contribuintes têm direito a deduções à coleta, que são despesas elegíveis para efeitos de redução do valor de imposto a pagar. Existem várias deduções à coleta, como as despesas de saúde, educação, habitação, entre outras.

Em Portugal, a gestão do IRS é feita pela Autoridade Tributária e Aduaneira, através do Portal das Finanças, onde os contribuintes podem aceder aos seus dados fiscais, entregar a sua declaração de IRS e efetuar o pagamento do imposto devido.

 

Para fazer o IRS em Portugal, siga estes passos:

  1. Obtenha todos os documentos necessários: comece por reunir os seus documentos pessoais, incluindo o seu número de identificação fiscal (NIF), a sua declaração de rendimentos do ano anterior, bem como quaisquer recibos, faturas ou documentos que possam ser relevantes para o seu IRS.

  2. Aceda ao portal das finanças: aceda ao Portal das Finanças e aceda à sua área pessoal com as suas credenciais de acesso.

  3. Procure a opção "IRS": no menu principal, procure a opção "IRS" e selecione a opção "Entregar Declaração".

  4. Escolha o modelo: existem três modelos diferentes que pode escolher - Modelo 3, Simplificado e Automático. Selecione o que melhor se adequa à sua situação.

  5. Preencha a declaração: preencha todos os campos da sua declaração de IRS, seguindo as instruções fornecidas pelo sistema.

  6. Confirme e submeta a declaração: verifique se todas as informações estão corretas, confirme e submeta a declaração.

  7. Pague ou receba: após a entrega da sua declaração de IRS, irá receber um documento com o valor a pagar ou a receber, dependendo do resultado final da sua declaração. Caso seja necessário, proceda ao pagamento do imposto devido.

Como fazer o irs jovem?

Em Portugal, os jovens com idade igual ou inferior a 25 anos que tenham rendimentos próprios podem ter direito a benefícios fiscais no IRS. Para fazer o IRS jovem, siga estes passos:

  1. Obtenha todos os documentos necessários: reúna os seus documentos pessoais, incluindo o seu número de identificação fiscal (NIF), a sua declaração de rendimentos do ano anterior, bem como quaisquer recibos, faturas ou documentos que possam ser relevantes para o seu IRS.

  2. Aceda ao portal das finanças: aceda ao Portal das Finanças e aceda à sua área pessoal com as suas credenciais de acesso.

  3. Procure a opção "IRS": no menu principal, procure a opção "IRS" e selecione a opção "Entregar Declaração".

  4. Escolha o modelo: escolha o modelo de declaração que melhor se adequa à sua situação (Modelo 3, Simplificado ou Automático).

  5. Preencha a declaração: preencha todos os campos da sua declaração de IRS, seguindo as instruções fornecidas pelo sistema. Certifique-se de que indica a sua idade e que inclui os rendimentos que obteve no ano anterior.

  6. Reivindique os benefícios fiscais para jovens: se for elegível, pode reivindicar benefícios fiscais para jovens. Para isso, selecione a opção "Jovem" na secção "Benefícios fiscais" da declaração e preencha os campos solicitados.

  7. Confirme e submeta a declaração: verifique se todas as informações estão corretas, confirme e submeta a declaração.

  8. Pague ou receba: após a entrega da sua declaração de IRS, irá receber um documento com o valor a pagar ou a receber, dependendo do resultado final da sua declaração. Caso seja necessário, proceda ao pagamento do imposto devido.

O que é o irs automático?

O IRS Automático é um método simplificado de entrega da declaração de imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS) em Portugal, que permite que o contribuinte não tenha que preencher a declaração de IRS manualmente. Em vez disso, o sistema preenche automaticamente os dados do contribuinte com base nas informações já existentes nas bases de dados das finanças.

O IRS Automático está disponível para quem tem apenas rendimentos do trabalho dependente ou de pensões, sem outras fontes de rendimento, bem como para quem tem rendimentos de capitais e/ou prediais, com retenção na fonte e sem deduções à coleta.

O objetivo do IRS Automático é tornar o processo de entrega da declaração de imposto mais fácil e rápido para os contribuintes, bem como reduzir a possibilidade de erros na declaração de IRS. Contudo, é importante que os contribuintes verifiquem sempre os dados que constam na declaração automática, para garantir que estão corretos e que não estão a ser esquecidos quaisquer rendimentos ou despesas elegíveis para dedução à coleta.

 

 

Se tiver dúvidas ou dificuldades na realização da sua declaração de IRS, pode contactar a Autoridade Tributária através do portal ou dirigir-se aos serviços de Finanças para obter ajuda.





Artigos Relacionados


  • Como fazer o NIF

  • Como fazer e onde carregar o passe andante

  • Como carregar o passe navegante no telemovel com a APP Carrisway

  • Como fazer dinheiro online

  • Como fazer o Passe navegante: o que é, como e onde fazer, documentos necessários

  • Como fazer uma licença comercial

  • # Visualizações: 208






    Tags de Categorias Disponíveis

    Viagens e Turismo Tecnologia Sugestões Património e Cidades Lifestyle Legislação Lazer Investimentos Informações Úteis Governo e Política Gastronomia Factos Históricos Curiosidades Culinária Conhecimento Comércio Administração Pública